3 dicas para manter sua empresa nesse cenário atual



Tudo parece estar saindo do controle? Não tem certeza se sua empresa terá caixa suficiente para sobreviver pelos próximos 2 meses?

Dê uma conferida aqui nessas 3 dicas que fizemos especialmente para você!

1ª dica:

Nesse momento, os consumidores estão priorizando consumir produtos essenciais, por isso vários setores da economia tiveram uma queda brusca na demanda, e consequentemente, no faturamento.

Por isso, é essencial ter o controle financeiro mais assíduo, entenda quanto é o seu capital de giro. Para isso, tenha na ponta do lápis (mas de preferência numa planilha) os seus custos fixos e variáveis. Trace uma projeção de receita (faturamento). Faça essa conta para os próximos dois meses e verá se ficará no prejuízo, ou conseguirá se manter.

A partir disso, você terá as informações necessárias para se tomar as medidas necessárias para conseguir sobreviver financeiramente.

2ª dica:

Estruture as suas mídias sociais! Na Itália, o tráfego de internet aumentou em 70%. No Brasil, até então, aumentou em mais de 40% nos três primeiros dias de quarentena.

O que isso sugere?

A comunicação da sociedade passou a ser de forma virtual. O mundo agora está muito mais digitalizado do que há 1 mês atrás.

Por isso, é de suma importância não ficar de fora e trazer o seu negócio para esse mundo também!

Para isso, existem as seguintes soluções:

  • Comece a gerenciar o seu instagram! Essa plataforma, antes, já era o novo noticiário. As pessoas vêem os ‘stories’ como se fossem pequenos artigos ou charges. Com a vinda do covid-19, esse meio se potencializou e agora o Brasil se comunica por lá. Comece a ganhar seguidores, gerar conteúdo e engajar o seu público-alvo na sua marca e produto.

  • Crie um meio de maior comunicação entre você o seu consumidor. Entenda mais o que ele demanda consumir. A partir disso, você terá as informações necessárias para adaptar a sua carta de produtos em relação ao que o mercado demanda.

  • Crie uma forma de tranquilizar os seus clientes. Faça eles entenderem que o seu produto está esterilizado do vírus. Mostre para eles que o processo de produção e/ou de prestação do serviço é profissional e se preocupa com essas novas demandas de higienização e prevenção.


3ª dica:

Se reinvente! O que o seu cliente ou potencial cliente deseja consumir nesse momento? De que forma seus produtos ou serviços se encaixam nas dinâmicas do novo mercado?

Nesse momento, a preferência do consumidor mudou bruscamente. As empresas que continuarem a usar das mesmas estratégias não conseguirão gerar receita e mitigar os prejuízos causados pela crise.

É necessário ter mapeado as forças e fraquezas dos seus ativos. Entenda quais são os pontos positivos e fracos dos seus recursos físicos e humanos. A partir disso, mapeie oportunidades e ameaças do cenário externo (do mercado).

Cruze essas informações. Veja de que forma suas forças se enquadram com oportunidades novas do mercado. Preste atenção de que forma suas fraquezas impactam no cenário externo.

Através dessa análise (matriz SWOT cruzada), você poderá ter mais clareza em responder as perguntas iniciais feitas no começo.

Não se sabe ao certo até quando esse cenário se perdurará, e por isso, mais do que nunca, se torna essencial se adaptar a essa realidade.

É um momento imprevisível e difícil, porém não é impossível de sobreviver. Utilizando o básico de organização financeira, marketing digital e gestão de crises, você certamente irá se destacar entre sua concorrência (se é que ela já não está fazendo isso).


Sobre o autor:


Vinicius Borges cursa Ciências Econômicas e atua como presidente na Ibmec Jr.

36 visualizações
Unidade Centro

Av. Pres Wilson, 118 - 9º Andar

Centro, Rio de Janeiro

CEP: 20030-020

Unidade Barra 

Av. Armando Lombardi, 940

Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

CEP: 22630-020

Telefone:

(21) 99728-6999

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • LinkedIn - Círculo Branco

© 2020 Copyright Ibmec Jr Consultoria Empresarial - Todos os direitos reservados.

CNPJ: 01.419.692/0001-70  |  Empresa sem fins lucrativos